Hitachi

Compartilhe:

Translate:

PT EN

Vencer as dificuldades do relevo era condição para o novo sistema de abastecimento da SABESP começar a funcionar.

Hitachi fornece equipamentos capazes de bombear 11m³ de água por segundo.

O Sistema Cantareira é composto por seis barragens (Jaguari, Jacareí, Cachoeira, Atibainha, Juqueri e Águas Claras).

A água, em diferentes níveis de altura, deve seguir por gravidade até a Estação Elevatória de Santa Inês. De lá, a elevação das águas até o reservatório de Águas Claras só poderia ser feita por um sistema de bombas de alto poder e capacidade.

A Hitachi forneceu três equipamentos capazes de bombear 11m³ de água por segundo cada um, por uma distância de 120 metros, a uma velocidade de 720 rpm (rotações por minuto).

Sistema Cantareira

1 Para vencer a barreira física da Serra da Cantareira, construiu-se a Estação Elevatória Santa Inês a 60 metros da superfície em rocha sólida.

2 Bombas de alta capacidade foram então instaladas para bombear a áqua montanha acima.

3 Válvulas resistentes foram instaladas para interromper o retorno da água em caso de falta de energia, oferecendo segurança ao equipamento.

Carlos Roberto Dardis

Depois de uma avaliação cuidadosa, as bombas da Hitachi foram escolhidas pelo knowhow da companhia e pelas características do equipamento. Nós confiamos que os produtos seriam adequados para vencer os desafios que nosso projeto apresentava. Operamos com as bombas Hitachi há cerca de 40 anos, e nunca necessitamos fazer intervenções corretivas no equipamento. É possível realizar manutenções de forma rápida e eficiente, de forma que a capacidade da SABESP em fornecer água à população de São Paulo não seja afetada.

Carlos Roberto Dardis Gerente de Divisão de Recursos Hídricos Metropolitanos Norte.